Programa “Óleo Certo, Pescador Consciente” coleta lubrificante dos barcos artesanais


Por: Felipe Bieging


A Secretaria de Pesca e Agricultura de Penha acaba de lançar um importante programa ambiental, o “Óleo Certo, Pescador Consciente”. A partir de agora, os pescadores artesanais podem destinar corretamente o óleo queimado substituído durante as periódicas manutenções de suas embarcações. Um enorme tanque foi instalado na sede da Secretaria (anexa à Colônia de Pescadores Z-5) para que o líquido, altamente poluente, seja reciclado posteriormente.



“Esse é um projeto voltado ao zelo pelo meio ambiente, que busca oferecer um local correto para destinação de um dos líquidos mais contaminantes do meio ambiente. Um litro de óleo queimado pode contaminar até 25 mil litros de água”, frisa o secretário de Pesca, Rubens João de Souza Filho, o Rubinho. Os pescadores podem levar o óleo diretamente até a Secretaria ou solicitar a coleta pelo telefone 3345.3256.



O óleo ficará acondicionado em um tanque de mil litros. Todo pescador que realizar a destinação receberá um percentual proporcional com a venda do líquido. “Faremos um relatório sobre cada litro derramado dentro do tanque. Quando promovermos a destinação final, cada artesanal receberá um valor condizente com a quantidade depositada. É uma forma de estimular a participação no projeto”, acrescenta Rubinho.



Uma embarcação ao estilo baleeira, mais comum na região, tem sua troca de óleo entre 100 à 150 horas navegadas – promovendo uma substituição entre 3 à 7 litros de lubrificante. “A troca acontece mensalmente e a quantidade oscila de embarcação para embarcação. Mas, frisamos que o grande objetivo é cuidar do meio ambiente, cuidar do local de onde nós tiramos nosso sustento – seja pela pesca, ou pelo turismo”, finaliza o secretário.
Postagem Anterior Próxima Postagem