Balneário Piçarras passa a contar com serviço de resgate animal






Em vista do bem-estar animal, Balneário Piçarras agora conta com o apoio do Grupo de Operações e Resgate (GOR), que atua em prol de animais domésticos, de grande porte e silvestres. Em breve, o município contará com uma base para os tratamentos dos animais, hoje encaminhados a Tijucas. 


A prestadora do serviço venceu um processo licitatório da Secretaria Municipal de Saúde e iniciou os trabalhos no município há uma semana, período em que já atendeu três ocorrências. Os atendimentos são realizados por demanda popular aos animais vítimas de maus tratos ou de rua, que estejam debilitados. 


O atendimento a uma denúncia pode resultar em um boletim de ocorrência junto à Polícia Militar e na prisão do tutor ou agressor. Após o serviço da equipe, que conta com biólogo, veterinário, auxiliares e agentes, os animais ficam disponíveis para adoção. Caso sejam adotados, recebem vermífugo, primeira vacina e encaminhamento para castração. Para denunciar ou adotar, entre em contato pelo telefone de plantão 24 horas (47) 99651-9961 (somente ligação). 





O grupo


O GOR foi fundado há seis anos em Itapema e inicialmente atendia demandas relacionadas a desastres naturais. Em Porto Belo, passou a direcionar todo o atendimento a animais, entre cães, gatos, cavalos, bovinos e animais silvestres. 


"Balneário Piçarras avançou mais um passo nas políticas públicas humanitárias com o serviço de resgate animal, que passa a ser mais uma ferramenta à disposição da comunidade, em especial no incremento dos trabalhos feitos em prol da defesa e tratamento aos animais de rua do município", comentou a secretária de Saúde, Susana Perinotti.